Entrevista a Pedro Duarte – Colmol

Entrevista Colmol com Pedro Duarte (2024)

Última atualização em: 27.05.2024 Tempo de leitura: 11 Min.

A Colmol é uma empresa 100% portuguesa.

É especialmente dedicada à inovação e implementação de novas tecnologias nos seus produtos de sono.

A nossa equipa conversou um pouco com Pedro Duarte, CEO da Colmol, para descobrir um pouco do que está por detrás da qualidade e manufatura dos seus produtos.

Gráfico com pessoa a olhar para a câmara e a sorrir com o logótipo da marca Colmol

Antecedentes e valores da Colmol

Para conhecer melhor a Colmol [1] enquanto uma das maiores empresas na indústria do sono em Portugal, decidimos saber um pouco mais sobre o seu começo, ambições e conquistas.

Por isso, fizemos algumas perguntas a Pedro Duarte [2] – que prontamente partilhou a história da Colmol connosco.

Pode partilhar a história de como a empresa foi fundada e o que inspirou o seu foco em produtos relacionados com o sono?

“A Colmol foi fundada em 1972, vocacionada para o fabrico de colchões.

Iniciou a sua internacionalização ao longo dos seus 51 anos de funcionamento, o que levou a novas soluções e novos métodos de construção – já que o nível de conforto vai variando muito, conforme o país em questão.

Foi introduzida a construção com facilidade de desconstrução dos materiais (ex: separação de molas da espuma…), introdução de novos aromas, novas tecnologias a nível de respirabilidade e termorregulação, a infusão de bioespumas – soja, por exemplo – e a incorporação de óleos naturais.

O produto acaba por ter um design que tem de ser apelativo, o que é fundamental – e isto levou-nos a criar soluções de sono.”

Sala de apresentação Colmol, com o nome da marca escrito na parede e produtos da marca na cama
Fotografia: © Colmol

Quais são as conquistas das quais a empresa mais se orgulha?

“Acima de tudo, da satisfação dos nossos clientes.

É uma das coisas que mais nos impulsiona e realiza: quando o nosso cliente volta – e volta ainda mais contente – é uma grande motivação.

Quando surge alguma reação negativa, é utilizada para melhorar os produtos e os processos de construção.

Tentamos filtrar o máximo possível – sabemos que há sempre possibilidades de mudar; basta a mudança de comportamento do mercado, a mudança de hábitos, para mudar a reação relativamente a determinados produtos.”

Como é que descreveria a voz e a mensagem da Colmol?

“Aquilo em que acreditamos hoje em dia, acima de tudo, é que o sono é quase como um superpoder.

Este superpoder melhora o nosso potencial, torna-nos mais felizes, aumenta o nosso desempenho, traz-nos o potencial de sermos melhores – tudo isto resulta se o produto for personalizado para cada pessoa individualmente.”

🦉 Não se esqueça do nosso código de desconto HEROIDOSONO para poupar nos produtos Colmol!

Produtos de sono e qualidade da Colmol

Agora que sabemos um pouco sobre o nascimento e evolução da Colmol, vamos saber um pouco mais a fundo aquilo que está por detrás dos seus produtos.

A criação de produtos de boa qualidade, que elevam a qualidade do nosso sono e duram bastante tempo, requer um processo de planeamento, investigação, testes de qualidade...

Vamos ver como é que a Colmol aborda estes passos.

Qual é o produto que diriam que é o vosso produto “estrela” e porquê?

“Em termos de produtos, orgulhamo-nos de quase todos eles.

Obviamente, isto depende um bocadinho de cada região: por exemplo, em França temos um conceito, em Portugal temos outro…

Mais ou menos, os nossos produtos convergem dentro das tecnologias de molas (mais respiráveis, mais abrangentes…), que se incorporam nas principais estrelas.

Temos vários modelos mas um dos quais nos orgulhamos mais é o SSI Planet [3], com ótima relação preço-qualidade.

Para pessoas que gostam mais de liberdade de movimentos, a gama Planet.

Temos, também, outros produtos de outro nível de luxo.”

Colchão Colmol gama Planet
Fotografia: © Colmol (colchão da gama Planet)

E como é que garantem a qualidade, segurança e durabilidade dos vossos produtos (colchões e camas)?

“Aqui surgem várias situações.

Somos nitidamente exportadores, o que nos obriga a ter um nível de testes de qualidade rigorosos (por exemplo, se a venda for a longa distância, pretendemos evitar problemas e devoluções).

A fiabilidade dos produtos – densidade da espuma, perfil de arame… – é muito importante, nada pode falhar (se falhar, estamos cá para resolver esses problemas, claro).

A formação contínua das pessoas e a credibilidade dos nossos parceiros é muito importante para garantir a fiabilidade.

Garantimos a longevidade dos produtos através destes processos.

Podem descrever os materiais utilizados nos vossos principais produtos e como é que estes melhoram a qualidade do sono?

“Os colchões, de grosso modo, são compostos de tecidos, de espumas, de molas (se houver).

Depois, dentro das molas, existe um conjunto de sistemas e suspensões direcionadas a diferentes tipos de pessoas.

Molas SSI para evitar a transferência de movimentos, por exemplo.

Uma pessoa de maior porte, em espuma ou molas ensacadas, afundar-se-ia mais.

Temos um sistema de molas com rotação, que ajudam a manter a estabilidade neste caso.

As espumas podem ter boa densidade, alguma resiliência, caraterísticas que alteram a sua composição – uma maior quantidade de espuma viscoelástica não garante um bom colchão.

Colchão Colmol visto mais de perto
Fotografia: © Colmol

A espuma viscoelástica foi, originalmente, criada para pessoas com necessidades especiais, com dificuldades em movimentar-se para fora da cama.

Determinadas espumas viscoelásticas (algumas que permitem a dissipação de calor, outras que não alteram a temperatura) são utilizadas para pessoas diferentes.

Temos, também, materiais mais naturais (linho, látex…), que são produtos fantásticos para determinadas utilizações, nomeadamente a articulação de camas.

Os materiais dependem da utilização – é como se fosse um jogo, do qual depois deriva um produto.

Existem tecidos frios, sustentáveis, naturais… É o perfil que depois pretendemos trabalhar para cada pessoa.”

A Colmol tem alguma certificação ou padrão da indústria nos seus produtos de sono?

“Em 2019, fizemos uma apresentação do colchão SSI Planet na feira de Xangai, na China e ganhámos o prémio de inovação [4].

É algo de que nos orgulhamos muito, por termos sentido que tivemos visibilidade fora do país, a uma escala superior.”

Têm produtos futuros que estão entusiasmados por lançar?

“Hoje em dia, o nosso maior problema é muitas vezes a ansiedade de lançar o produto antes do tempo.

Vamos lançando à medida que consideramos relevante, conforme a absorção do mercado.

Criamos produtos todos os dias.”

Colchão Colmol colocado sobre uma base de cama, com uma mesa de cabeceira ao lado. O chão é de madeira.
Fotografia: © Colmol

Por falar em lançamento de produtos, com que frequência atualizam ou renovam a vossa gama de produtos?

“Temos um trabalho constante, por vezes focando mais na parte estética, por vezes no lado mais estrutural.

Raramente criamos linhas de produtos de curta duração. Estamos constantemente em criação de novos produtos.”

Ciência do sono

A propósito do bem-estar do público em geral em termos de sono, interessou-nos saber um pouco sobre como é que a Colmol procura implementar a ciência nos seus produtos e no seu funcionamento.

Como é que se mantêm informados sobre a ciência do sono e educam os vossos clientes?

“Nós dispomos de uma equipa especializada, damos muita formação dentro da empresa e as atualizações.

Essa equipa prepara-se para ajudar os nossos clientes.

Normalmente, as boas práticas e determinados conceitos, como – a nossa rede muito alargada e as nossas reuniões semanais para fazer brainstorming sobre como deveriam ser aconselhadas determinadas áreas para ajudar os nossos clientes.

As próprias feiras onde estamos expostos – vamos estar na feira de hotelaria em Paris – são todas situações em que partilhamos experiências uns com os outros.”

Partilha de conhecimentos entre pessoa sentada na cama e cientista a conversar sobre o sono, enquanto pessoa dorme num colchão
A partilha de conhecimentos e experiência na equipa Colmol é vital para melhor aconselhar os clientes.

A Colmol e a sustentabilidade

Considerámos importante ouvir a visão de Pedro Duarte relativamente à sustentabilidade, que é considerada pela Colmol um dos pilares prioritários.

Pode explicar um pouco mais sobre o processo de produção do vosso colchão sustentável, o SSI Planet? Como é que chegaram a essa ideia?

"O SSI Planet começou por uma ideia de sustentabilidade, depois fizemos uma espécie de “cozinhado” – o que é que vamos selecionar?

Começámos por ver qual o nível de firmeza que as pessoas preferem, para encontrar um determinado tipo de perfil. Depois, pensámos exatamente na forma de dormir e por fim juntamos a sustentabilidade.

Juntámo-nos a uma empresa muito credível a nível da sustentabilidade – empresa de reaproveitamento de garrafas de plástico, que são reaproveitadas a nível têxtil e incorporadas nos nossos produtos.

A nossa ideia é não colocar a sustentabilidade num nível de preço que não seja possível as pessoas pagarem.

Estamos muito orgulhosos desta nossa produção."

Pessoa a pressionar a mão num colchão, com a frase "salvar o planeta" em inglês
Fotografia: © Colmol

Há alguma preocupação quanto às emissões de CO2 ligadas às vossas operações? Que iniciativas estão em vigor para mitigar o impacto ambiental?

"Sim. Hoje em dia, acima de tudo, o que procuramos a nível de sustentabilidade é a utilização de mais molas, ou fibras têxteis… no que diz respeito a produtos e materiais, cada vez procuramos mais dentro deste perfil.

Dentro da indústria, os nossos processos fabris deixaram de ter empilhadoras a combustão, passando a ter tudo elétrico: também os comboios elétricos, que fazem o transporte dos materiais ou dos produtos finais.

Temos também em conta a pegada ambiental e a embalagem do produto final (enrolamento de colchões), que tem menor pegada carbónica e leva a um processo mais otimizado.

Temos o processo industrial e o processo dos materiais, procurando que os desperdícios tenham reutilização imediata.

Com o posicionamento de painéis solares – vamos ser completamente autónomos a nível energético, ainda este ano – e procurando partilhar com a nossa comunidade.

Cada vez mais, a sustentabilidade é um princípio da Colmol.”

Estratégia e crescimento da Colmol

Não é em vão que a Colmol [1] é bastante conhecida no mercado português – os seus produtos são utilizados em vários hotéis ao redor do país e têm, para além disso, uma elevada taxa de exportação.

Para isso, interessou-nos saber um pouco mais sobre a sua estratégia.

Poderiam fornecer informações sobre as estratégias de preço da vossa empresa, equilibrando a acessibilidade e as funcionalidades premium?

A nossa estratégia de preços assenta em termos a melhor relação de fiabilidade em experiência e preço.

Por exemplo, a nível da sustentabilidade, para ter critérios de fiabilidade, precisamos de uma equipa especializada.

Fiabilidade, experiência, informação e preço… Tem de ser para todas as bolsas.

Não temos (nem podemos ter) preços muito básicos, já que não constitui o nosso standard.

Em momentos específicos, por exemplo no verão ou no Black Friday, ou mesmo na nossa campanha de aniversário, fazemos épocas promocionais.”

Como é que veem o futuro do sono e do bem-estar na próxima década?

“Achamos que, hoje em dia, o sono é cada vez um bem mais essencial, que as pessoas têm mais necessidade.

Hoje, as pessoas têm cada vez mais distúrbios de sono, stress, etc.

Há um conjunto de oportunidades fantásticas de crescer dentro desta qualidade de vida e esta é, sem dúvida, a nossa aposta.”

Casal feliz em cama Colmol
Fotografia: © Colmol

Colmol – Operações e logística

Já a aproximarmo-nos do final desta entrevista, não pudemos deixar de ouvir um pouco mais sobre o behind the scenes da equipa Colmol.

Onde é que estão localizados os vossos principais escritórios e instalações de produção? E a vossa equipa?

“A marca é 100% Portuguesa.

Os escritórios estão localizados em Oliveira de Azeméis – os nossos colchões são muito volumétricos, o que requer vastidão das instalações.

Existe um plano de expansão – a França é um mercado muito importante para nós, tal como a Espanha (entre outros países).

Estamos no raio da Europa, em termos logísticos. A nossa expansão é sempre orientada para continuar o crescimento dos nossos espaços.

A Colmol está, também, presente para além das fronteiras da União Europeia, embora não na mesma dimensão.

Sabemos identificar as caraterísticas de determinados mercados, em termos generalistas (por exemplo, cores específicas preferidas em determinados países, etc).”

Como é que os vossos produtos atendem a diferentes preferências relacionadas ao sono?

“Acima de tudo, ouvimos os nossos clientes.

Depois relacionamos os hábitos de dormir, afinamos o processo e a escolha é realizada.

A Colmol procura simplificar o processo de escolha do colchão, já que é um produto muito pessoal e é como se fosse um fato à medida, tornando-o bastante importante.

Pessoa sentada em cima de um colchão Colmol a espreguiçar-se para representar relaxamento
Fotografia: © Colmol

Para produtos da Colmol orientados para necessidades específicas: depois de ouvirmos o cliente, vamos aprofundar detalhes: a posição de dormir, a necessidade de pouca transferência de movimentos, etc.

Através destes pormenores, conseguimos personalizar ao máximo a escolha do colchão.

A nossa lógica é ouvir o cliente primeiro e sugerir, conforme as necessidades específicas, os três modelos de colchão que se adaptam melhor às caraterísticas procuradas.

Não fazemos noites de teste: trabalhamos de outra forma.

É analisada a fisionomia, a idade, os hábitos, a preferência por mais firmeza ou menos firmeza – e, segundo isto, ao contrário de outras marcas generalistas, é proposto um modelo de colchão.

Fazemos aconselhamento via telefone ou em loja, de forma omnicanal.

Temos parceiros (200-300 clientes ao redor de Portugal), que nos ajudam a aconselhar os clientes conforme as suas preferências ou necessidades individuais.”

Pessoas a falar ao telefone atendendo clientes, com uma pessoa ao lado a tirar notas num bloco de notas
A Colmol procura ouvir os seus clientes e aconselhá-los da melhor forma.

Obrigado, Colmol!

O nosso obrigado ao Sr. Pedro Duarte, CEO da Colmol [1], que dedicou o seu tempo a responder a todas as nossas questões, aprofundando mais a fundo a história e missão da empresa.

CEO da marca Colmol a sorrir em frente a uma exposição de colchões Colmol
Fotografia: © Colmol

Aqui ficam algumas das nossas recomendações de produtos de sono da marca:

Entrar em contacto com a Colmol

Se tiver qualquer problema ou pergunta a respeito de produtos Colmol [1], pode entrar em contacto diretamente com o fabricante:

  • ✉️ E-mail: suporte@colmol.pt;
  • 📞 Telefone: (+351) 300 600 110.

Sede da empresa:

Zona Industrial das Cavadas, Rua do Progresso, n.º 281 [5]

3720-354 | Oliveira de Azeméis [5]

Perguntas Frequentes (FAQ)

Margarita escritora

Margarita Pshenichnaya

Escritora certificada do sono

A Margarita é uma das criadoras de conteúdo do Herói do Sono, que junta a sua paixão pela escrita ao interesse insaciável pelo impacto do sono no cérebro humano. Com isto em mente, testa produtos e procura manter-se sempre a par das investigações mais recentes relacionadas com o sono, permitindo-lhe partilhar a informação mais fidedigna. 💡

Pode entrar em contacto com a Margarita através do e-mail margarita@airi.media, ou LinkedIn. 📩

Este artigo foi útil?
Preencha este campo
Sim
Não

Perfeito! Tem alguma dúvida ou comentário?

O que é que podíamos melhorar?

Também pode estar interessado em:

    SIM, POR FAVOR! >
    Não, continuar

    Se comprar através de links marcados com "*", recebemos uma pequena comissão, que não aumenta o preço de compra. Pelo contrário: com o nosso código de desconto, poupa o máximo na sua compra.